Central de vendas 31 3615-1000 31 3615-1000

Encontre seu apê ideal

CHAT
ONLINE

Eu quero
meu apê

29 Maio 2015

Para a maioria dos brasileiros, comprar o primeiro (e talvez único) imóvel próprio não é uma decisão assim tão fácil de se fazer. Além de se deparar com várias possibilidades no mercado, desde casas a apartamentos dos mais variados perfis, a aquisição de um imóvel envolve uma gama enorme de fatores que o interessado deve levar em consideração — para não transformar o sonho de ser proprietário de sua residência em um grande pesadelo.

Já que o investimento a ser feito é de grande valor, quanto mais o comprador ficar prevenido, melhor. Que tal conferir alguns cuidados para que você não se complique na hora de adquirir um imóvel e possa tomar melhores decisões?

Defina quanto você pode realmente investir

Muito antes de começar a ver propostas de construtoras, incorporadoras e anúncios de venda de imóveis, analise com cuidado sua realidade financeira. Veja não somente o quanto você já teria disponível para dar de entrada, mas também o tamanho da prestação com a qual você e sua família poderiam arcar, sem pesar tanto assim no orçamento no final do mês.

Essa ideia de faixa de preços vai fazer com que você não tome decisões por impulso. Coloque limites para a situação e não os ultrapasse de jeito nenhum.

Observe a localização

A mudança para um novo imóvel deve trazer benefícios evidentes para sua rotina e para seus familiares. Nesse sentido, coloque na balança toda a infraestrutura em torno do lugar, desde a proximidade com as vias públicas, hospitais, comércio, escolas, transportes públicos e bancos até o ambiente em que a sua futura vizinhança está inserida.

Preveja as despesas extras

Deve-se ter em mente que não é só o investimento direto para adquirir o imóvel que pesa no bolso, mas existem tributos a serem pagos ao governo para se passar o imóvel para seu nome e gastos escriturários e cartoriais. Se for o caso de prédio em condomínio, haverá ainda as taxas condominiais a serem pagas mês a mês.

Separe os documentos

Dê atenção especial não só aos documentos que você precisará separar para dar entrada no financiamento, mas também àqueles que são demandados para a assinatura do contrato de compra e venda, entre outras demandas. Pesquise com antecedência e providencie tudo com antecedência. Se o imóvel estiver na planta ou ainda em construção, não se esqueça de pedir o memorial de incorporação da obra.

Veja a reputação da empresa

É importante firmar contratos com pessoas jurídicas que tenham boa reputação no mercado, mantendo-se longe de fraudes e transações com empresas e imobiliárias que apresentem uma idoneidade duvidosa. Procure não só o histórico da empresa, como também investigue com os moradores de outras obras como foi a relação jurídica entre eles.

O comprador pode negociar um imóvel usado, adquirir um terreno para construí-lo ou mesmo comprar um bem na planta ou que já esteja em construção. Tudo vai depender da sua necessidade em morar no novo lugar e de suas possibilidades de investimento.

Em qualquer um desses casos, será possível cumprir todos os cuidados anteriormente ressaltados, com o intuito de ficar mais acautelado e se livrar de eventuais transtornos futuros.

E você, está pensando no momento em adquirir seu primeiro imóvel e sair do aluguel? Compartilhe com a gente e fique de olho no blog!

 CTA_Compra-01

Posts Relacionados