Central de vendas 31 3615-1000 31 3615-1000

Encontre seu apê ideal

CHAT
ONLINE

Eu quero
meu apê

09 fev 2017

Engana-se quem pensa que só os especialistas no mercado imobiliário conseguem estimar o valor de um imóvel. Ao saber quais são os principais fatores que interferem no preço, qualquer um é capaz de ter noção quanto realmente vale a casa ou o apartamento que pretende comprar.

Então, se você ainda não sabe como estimar o preço de um imóvel, não deixe de ler este post!

1. Analise a localização do imóvel

O local onde está construído o imóvel é um aspecto de grande importância para determinar o preço do seu metro quadrado.

Dentro da cidade, cada região apresenta maior ou menor valorização de mercado imobiliário. Esta variação pode ocorrer de acordo com a tradição já estabelecida no local, o acesso ao centro comercial da cidade e a estrutura do bairro onde o imóvel está localizado.

Imóveis situados em regiões mais valorizadas ou mais próximas do centro, por exemplo, tendem a ser mais caros se comparados a imóveis de mesmo tamanho, localizados em bairros suburbanos, afastados da região central.

Outro ponto importante a ser considerado é a estrutura disponível nos arredores do imóvel, como comércio, escolas, hospitais, dentre outros.

Os apartamentos e as casas que têm acesso mais fácil a estes pontos de interesse apresentam valores mais elevados no mercado imobiliário do que aqueles que não são tão acessíveis.

Além disso, no caso dos apartamentos, é preciso levar em consideração também a sua posição no edifício. Unidades situadas nos andares mais altos, por exemplo, costumam ser mais valorizadas do que as mais baixas, pela segurança e privacidade que oferecem a seus moradores.

Por fim, apartamentos de frente também apresentam metro quadrado com valor mais alto do que os apartamentos posicionados nos fundos do prédio, por exemplo, devido à posição do sol e por conta da vista que proporcionam.

2. Considere o número de cômodos

A disposição e a quantidade dos cômodos é outro fator que influencia na determinação do preço de um imóvel.

Imóveis com mais de um banheiro, por exemplo, serão mais caros do que os imóveis que só tem um. E o mesmo raciocínio vale para outros cômodos, como quartos, suítes, área privativa, etc.

3. Verifique a idade da construção

De acordo com especialistas do mercado imobiliário, a idade do imóvel começa a influenciar no seu preço a partir de 10 anos de construção.

No entanto, é preciso se atentar muito mais para a conservação do imóvel do que para a idade. Se o imóvel é antigo, mas conservado, o seu preço pode ser até mais alto que um imóvel mais novo, porém mal preservado.

Reformas e benfeitorias no imóvel também afetam no aumento do preço, porque indicam que os novos adquirentes não terão de desembolsar valores, tão cedo, com obras e reparos.

4. Considere o número de vagas de garagem

Hoje em dia, a quantidade de vagas de garagem é um fator diferencial para quem procura um imóvel para morar.

Considerando que, em quase todas as famílias, há pelos menos dois carros, este é o número mínimo de vagas de garagem que o consumidor deseja, principalmente se estiver procurando um apartamento.

Neste sentido, caso o imóvel apresente apenas uma vaga de garagem, o seu valor de mercado será muito inferior aos imóveis que apresentam dois ou mais espaços para estacionamento de veículos.

5. Atente-se para as áreas comuns e facilidades

Este fator também é mais destacado para aquelas pessoas que procuram apartamentos em condomínios e prédios e depende muito do perfil do consumidor.

Para alguns consumidores, áreas comuns como espaço gourmet, espaço fitness, playground, piscina, dentre outras facilidades, são benefícios que agregam valor ao imóvel.

Já para outros, as áreas de lazer não têm tanta importância e não serão levadas em consideração na hora de optar por determinado imóvel.

Assim, é importante saber para qual perfil de comprador o apartamento está sendo oferecido e o quanto essas facilidades do condomínio influenciam no seu preço final. Este poderá também ser um argumento para negociação do valor da venda.

Viu como é possível determinar o preço de um imóvel seguindo os passos que ensinamos neste post? Para ficar por dentro de informações como esta, siga a nossa página no Facebook e receba, em primeira mão, todas as novidades no mundo imobiliário!

Posts Relacionados