Central de vendas 31 3615-1000 31 3615-1000

Encontre seu apê ideal

CHAT
ONLINE

Eu quero
meu apê

14 fev 2017

Na hora de comprar o apartamento ideal, muitos são os pontos a serem levados em consideração para não errar na escolha.

Além de ter em mente quantos serão os moradores, proximidade de estabelecimentos, quantidade de garagens disponíveis, segurança da região e até o planejamento para ter filhos, você já parou para pensar se pretende ter um animal de estimação? Ou se já tem um, está lembrando de, ao avaliar o apartamento, verificar se ele será adequado para o pet?

No post de hoje, compartilharemos algumas dicas para você cuidar de um animal de estimação em um apartamento e garantir que a adaptação dele seja a melhor possível. Confira:

1 – Saiba se o condomínio aceita animais de estimação

Antes de mais nada, é muito importante que você saiba se o prédio que pretende se mudar aceita ou não a presença de animais de estimação.

Alguns já têm estabelecido na convenção do condomínio que não é permitido ter um cão ou gato, por exemplo, ou determina que só são aceitos animais de porte pequeno.

Portanto, converse com o morador e, para garantir, com o síndico para tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto.

2 – Escolha um apartamento com área privativa ou de serviço

O mais indicado é que você dê preferência por um apartamento que tenha uma área privativa ou, pelo menos, de serviço. Dessa forma, o animal terá um espaço para se movimentar com mais qualidade e brincar.

Animais precisam gastar energia, tomar sol e ter um espaço suficiente para se sentirem bem acomodados e confortáveis. O ideal para quem mora em apartamento é investir em raças de pequeno porte.

3 – Separe um ambiente para o pet fazer as necessidades

Independentemente de você ter um cão ou gato, é preciso separar um ambiente no apartamento para que eles façam as necessidades. Esses dois animais de estimação gostam de privacidade neste momento, portanto, determine um cômodo que não fique na passagem de pessoas e que seja mais reservado.

4 – Invista em medidas de segurança

Mesmo se você morar no primeiro andar, quando se tem um gato ou cão em casa, é muito importante colocar tela em todas as janelas. Isso impede que eles sofram acidentes ou, principalmente os gatos, sejam capazes de escapulir e dar as famosas “voltinhas” tão comuns para eles.

Outro ponto de atenção referente à segurança de um apartamento para animais de estimação, é o uso dos produtos de limpeza. Como já falamos, é muito importante manter o ambiente em que eles vivem, limpos e higienizados, mas observe se produtos utilizados não estão provocando algum tipo de alergia ou mal-estar.

Além disso, ao ter um animal de estimação em seu lar, garantir que objetos e itens cortantes, tóxicos e que possam provocar qualquer tipo de mal ao pet devem estar longe do acesso deles.

5 – Faça passeios regulares com o animal de estimação

Se você tem um cachorro, é imprescindível fazer passeios regulares com ele. Por mais que o seu apartamento tenha um espaço disponível para ele correr e se exercitar, é muito importante que ele saia e gaste energia.

Tenha em mente que quanto maior for o porte do cão, maior também será a necessidade dele de praticar atividades físicas. Além disso, esse hábito é muito importante para que o animal não desenvolva problemas de saúde, como obesidade e depressão.

Para garantir a segurança do passeio e ainda ter mais praticidade, em sua busca por apartamentos, considere aqueles que tenham área de convívio ou de lazer. Dessa forma, você pode passar um tempo de qualidade com o seu amigo canino, sem nem ao menos ter que sair do seu condomínio ou se preocupar com a possibilidade de furtos, por exemplo.

Gostou dessas dicas de como ter animais de estimação em um apartamento e quer ficar sempre por dentro das novidades? Então, curta a nossa página no Facebook!

 

Posts Relacionados